Pinheiro Preto: Conheça a história do Damasco FC

Café Damasco, deu o nome a equipe

O Damasco Esporte Clube foi uma equipe de futsal que marcou época na década de 90 no município de Pinheiro Preto.

Como surgiu a equipe?

Tudo teve início com a doação de um jogo de camisas por parte de um candidato a deputado, fato este que aflorou os ânimos e motivou os atletas a treinar e se preparar paras as competições locais. Havia apenas um problema: qual seria o nome da equipe? Uma indefinição! Um dos atletas, olhou para a sacola de ráfia na qual a roupa estava guardada, na sacola estava escrito ‘Café Damasco’. A partir daí a equipe passou a se chamar ‘Damasco Futebol Clube‘.

No ano seguinte, o então presidente da Comissão Municipal de Esportes e também dono de um supermercado, Ademilson Antônio Einsweiler (Lili) e o presidente do Clube (Pedro Rabuske), juntamente com os demais atletas da equipe resolveram pedir a empresa de Café Damasco, a doação de um uniforme completo (calções, camisas e meias). O pedido foi prontamente aceito pelos diretores da empresa que era de Curitiba e a equipe seguiu suas atividades, até por volta do ano de 1998.

Principais conquistas, em Pinheiro Preto

  • Campeão municipal de futsal, em 1993;
  • Dois vices campeonatos (futsal);
  • Um terceiro lugar (futsal);
  • Um vice campeonato de futebol de campo, em 1997 (parceria com o Pinheirinho).
Carta do pedido do jogo de camisas a empresa ‘Café Damasco’
Uniforme que foi doado pela empresa ‘Café Damasco’, mais tarde também foi utilizado pelo Pinheirinho (Foto de 1997).
Damasco – Campeão Municipal de Futsal de Pinheiro Preto, em 1993

Confira como foi a conquista do Damasco em 1993!

Por volta do ano de 1998-1999 a equipe encerrou suas atividades. Muitos dos atletas foram atuar pelo Pinheirinho e pelo Restaurante Vailatti (RV).

EMPRESA CAFÉ DAMASCO

Em 2010,  um grupo americano Sara Lee Corp, numa negociação, comprou a marca Café Damasco e a partir deste momento o produto seria industrializado (moído e embalado) em outras unidades da empresa americana localizado no Brasil, enquanto a empresa Café Damasco S/A foi dissolvida e seus 150 funcionários dispensados, tornando-se assim, uma empresa extinta.

A Café Damasco foi considerada a líder no setor de cafés na região Sul do Brasil e a sétima maior torrefadora de café do país, conforme a Sindibebidas (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas, Café e Alimentação de Curitiba e Região Metropolitana).

VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando