Jaison, o canhotinho bom de bola

Conheça um pouco da história do tangaraense


Jaison da Silva Bresciani de Tangará, o canhotinho bom de bola, foi aprovado em teste no Coritiba Foot Ball Club, no ano de 2005, quando tinha dezoito anos. Por estas ironias do destino do mundo do futebol, o grupo já estava fechado para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Nos jogos testes, Jaison foi muito bem, marcou três gols, em três coletivos. Nos primeiros dois jogos foi testado na lateral esquerda, e no outro, como meia esquerda.

No início do ano seguinte, Jaison retornou a Curitiba (PR), mas já havia mudado o técnico do “Coxa”. O novo comandante testou a promessa tangaraense na função de volante, porem ele acabou não rendendo e acabou retornando.

Proteção de bola e habilidade: marcas registradas de Jaison

Retornando a sua terra natal, teve atuações de destaque, tanto no futsal, como no futebol de campo. Caracterizou-se pela habilidade com a perna canhota, e proteção de bola (não é fácil tirar a bola do home), além de seu chute.

Tangará Futsal 2006, disputou o Estadual da 1ª Divisão
CURIOSIDADE

Em 2002, Jaison era pra ter ido fazer teste no Atlético Paranaense, porém acabou desistindo.

Em 2018, foi vice campeão da 8ª Copa Regional dos Campeões, com a CME Tangará

TALENTO EM FAMÍLIA

Maurício (Seco) e Lucas (goleiro no futsal e líbero no vôlei)

Seco, artilheiro da 8ª Copa Regional dos Campeões
VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando