Salto Veloso: celeiro de craques

Destaques esportivos, tanto em esfera profissional, como no Amador

Salto Veloso, uma cidade do meio oeste catarinense, de 4718 habitantes (dados IBGE 2019) é um celeiro de grandes talentos esportivos. Difícil citar nomes, pois acaba sempre esquecendo de alguém. Isso é fato, mas vamos lá. Me atrevo a arriscar!

A nível profissional (esportes de alto rendimento) podemos citar: Edinho, Dimas, Joel, Diego Fávero e Luciane Verona. No esporte amador, outros tantos destaques.

Edimar Antônio Oliveira dos Santos (Dimas): Natural de Água Doce, mas velosense de coração, Dimas tem como principais títulos no futsal, o Mundial de Clube e o Sulamericano com a seleção brasileira.

Teve passagem pelo Esporte Clube Banespa (SP), Malwee/Jaraguá, Ulbra (RS), Inter Movistar (Espanha), Nápoles (Itália), Lazio (Itália), Concórdia, Joaçaba, entre outros. Atualmente está atuando no futsal italiano.

Dimas, em ação pela seleção brasileira de futsal, onde disputou 52 jogos, balançou a rede 42 vezes e conquistou cinco títulos: Sul-Americano Sub-20, Grand Prix de 2005 e 2015, Jogos da Lusofonia em 2006 e Sul-Americano em 2016.

Dimas ainda é campeão do Campeonato Paulista, da Taça São Paulo, dos Jogos Abertos de São Paulo, da Copa Santa Catarina, do Campeonato Catarinense, da Copa Libertadores da América, da Taça Brasil, da Liga Espanhola e da Copa Itália.

Por sinal, a família Oliveira dos Santos, “formou” talentos esportivos. Dimas é irmão de Mazico, Ede e Ligeirinho.

Ederson Leobet (Edinho): Natural de Peritiba, mas também velosense de criação. Edinho foi vice campeão mundial universitário com a seleção brasileira, terceiro lugar mundial de clubes (com o Sporting de Portugal), entre tantos outros. Aposentou-se das quadras, em 2016.

Edinho foi jogador de futsal por 15 anos; jogou no exterior por seis anos, em times da Itália, Kuwait, Portugal e Ucrânia. O ex-ala também tem em seu currículo o título da Copa da Ucrânia pelo Lokomotiv. Por cinco anos defendeu a Associação Desportiva Videirense (ADV), time do qual foi capitão na inédita conquista do Estadual da 1ª Divisão, no ano de 2012.

No Banespa de São Paulo foi campeão do Paulista, da Taça São Paulo e dos Jogos Abertos de São Paulo. Detalhe: junto com Joel e Dimas, companheiros deste os tempos de criança.

Edinho no Kuwait, em 2014.

Diego Alexandre Fávero: vice campeão da UEFA, campeão paranaense, entre outros, atualmente está no Kairat do Kazaquistão.

Joel Ariati: Quinze anos atuando no futsal italiano, onde já venceu a Copa da Itália. No Banespa de São Paulo, junto com Edinho e Dimas, também foi campeão do Paulista, da Taça São Paulo e dos Jogos Abertos de São Paulo. Atuou no Pescara da Itália (Série A).

Luciane Verona Rotta (Lú): Terceira colocada no Mundial de clubes de handebol (disputado na China), campeã brasileira (três títulos da Liga Nacional), nove títulos do Jogos Abertos de SC, campeã Sul/Centro Americano, e outros títulos defendendo Concórdia. Aposentou-se das quadras, em 2019.

Mathias Alves de Souza: Formado nas Escolinhas de Futsal de Salto Veloso. Aos 14 anos foi para o Krona/Joinville, onde foi vice campeão da Taça Brasil, em Belo Horizonte, e ficando também com a vice artilharia.

Colecionou títulos nas categorias Sub 15, 17 e 20 pela equipe joinvilense, recebendo inclusive oportunidades no elenco adulto. Em 2018, foi um dos destaques do Fontoura Xavier, que subiu para a elite do futsal gaúcho. Em 2019, atuou no Cometa. Atualmente está com um pré contato com o Passo Fundo (RS).

Mathias (azul) e Dimas

CURIOSIDADE

Edinho, Dimas e Joel, jogaram juntos, desde os 5, até os 20 anos de idade. Junto com Felipe Abatti, formaram um quarteto, que colecionou títulos na região, desde as categorias de base.

O trio foi junto para Joaçaba com 15 anos de idade, onde conquistaram diversos títulos a nível estadual.

Joel, Edinho e Dimas, os primeiros três agachados, atuando juntos na Perdigão de Videira.
Destaques – Esporte Amador

Emerson Leobet (Tópo) – Vários títulos de JASC, no Bolão

Edemar Oliveira dos Santos (Mazico) – Artilheiro e multicampeão na região, tanto no futsal como principalmente no futebol de campo (onde atuou profissionalmente no CAF/Fraiburgo, Joaçaba e VEC de Videira). Chegou a fazer testes no Vasco.

Claucir Alves Cordeiro – Campeão brasileiro Jogos do SESI e 3º mundial, em 2004

Odair José Zacaron (Tito) – Campeão brasileiro Jogos do SESI e 3º mundial, em 2004

Tito e Claucir foram campeões brasileiros dos Jogos do SESI, em 2004, com a Perdigão

Pedrinho Milani campeão de competições regionais no futebol

Pipi Cantu – Jogou na Perdigão (futebol de campo)

Adir Comunello – Campeão estadual de amadores – Copa RBS – com o VEC 1991. Proprietário da Magnus

Ana Célia, Valdenise, Aline – Destaques do futsal feminino de Salto Veloso

Pedro Zamboni – Professor de Educação Física

Em 2005, Salto Veloso, sob o comando do professor Pedro Zamboni ficou com o vice estadual do Moleque Bom de Bola

A modalidade de bocha, também merece o destaque, afinal já venceu o JASTI (Terceira Idade), se não me falha a memória, no ano de 2015.

Certamente, esqueci de citar vários nomes. Mas a intenção não foi ofender ninguém.

FOTOS: Divulgação Internet e perfis pessoais

VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando