Em 2008, o Flamengo Master esteve em Videira

Equipe rubro-negra venceu o combinado videirense por 4 a 2


O domingo chuvoso de 14 de dezembro de 2008, foi mais um capítulo que ficou registrado nos anais da história esportiva de Videira. Nesta data, o Flamengo Master, esteve disputando amistoso festivo no Estádio Municipal Luiz Leoni, diante de um combinado videirense.

Uma tarde, para os videirenses voltar quase trinta anos no túnel do tempo e se emocionar com alguns personagens que fizeram parte da história gloriosa do futebol brasileiro.

Videira, vestiu o uniforme do Ragadalli FC (amarelo e azul)

RESUMO DO JOGO: Videira 2 x 4 Flamengo Master

Os atletas videirenses, com o reforço do ex-jogador João Carlos Maringá (um dos grandes meio-campistas da história da Chapecoense. Atuou também, ao lado de Neto, no Guarani), queriam muito a vitória; jogaram com afinco, mas não tiveram sucesso, pois do outro lado tinha um Cláudio Adão, que com mais de 50 anos, fez dois gols e correu o tempo todo. Tinha também, zagueiro Rondinelli, o ‘Deus da Raça’, que comandou a defesa rubro-negra com maestria, além de dar uma sonora bronca no árbitro Itacir do Prado. Tinha Andrade, que jogou poucos minutos, mas mostrou porque está na lista dos maiores vencedores de campeonatos brasileiros.

Maringá reforçou o elenco videirense, no amistoso

Tinha Nunes, o artilheiro das decisões, que mostrou a velha garra de sempre e infernizou a zaga videirense. Tinha também o goleiro Zé Carlos, campeão brasileiro em 87, com o Flamengo (que faleceu em julho de 2009, vítima de câncer, meses após estar em solo videirense).

Tinha Delacir, que deixou o seu, tinha Valber, Jayme de Almeida (treinador campeão com o Flamengo, na Copa do Brasil de 2013 e o Carioca de 2014), tinha Nélio. Videira foi briosa, valente, guerreira, mas mesmo assim os experientes jogadores, pareciam juvenis diante daquela esquadra.

Betinho Andrade, Lazari, Volnei, Maringá, Tessari, Fumaça, Careca, Gena, Silvério, Xuriço, Rato, Dr. Marcelo, Alexandre, Clodinho, Marcinho, Dallacorte, Gê, Conga, entre outros, fizeram parte do scratch videirense.

A título de registro: o jogo terminou 4 a 2 para o Mengo, com dois gols de Cláudio Adão, um de Delacir e um de Nélio, em cobrança de falta. Os gols videirenses na partida foram anotados pelo por Tessari e Volnei.

Fotos: Pardal
VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando