Indústria de Papelão: Pinheiro Preto 1994

Na foto em pé da esquerda para a direita: Claudemir Gallas (Tcheco), Fabinho Bressan, Marcos Huber, Vilmar Nunes (Fiapo), Luciano Bressan.

Agachados: Valdenei Huber, Edison Cardoso (Biguá), Idovino Nunes e Antônio Nunes (Tonho). Ainda fazia parte da equipe campeã, o atleta Azelir Neis (Ratão).

No “Recordar é Viver” desta semana, relembramos da equipe da Indústria Papelão, que sagrou-se campeã municipal de futebol de salão em Pinheiro Preto, em dezembro do ano de 1994.

Pela decisão do 3º lugar, após empate em 8 a 8 no tempo normal, o Vinhos Mattana derrotou o Palmeiras na prorrogação (14 a 8) e ficou com o terceiro lugar.

Na grande final daquele ano, a Indústria de Papelão venceu os Garotos da Vila pelo placar de 6 a 3, ficando com o título. A arbitragem da grande final esteve a cargo dos fraiburguense Itamar da Silva (Diabinho) e Ademir Torri.

  • O time base da equipe campeã era composto pelos seguintes atletas: Biguá, Tcheco, Nei, Tonho e Marcos Huber.

O prefeito municipal da época era Juraci Bertoncello e Ademilson Einsweiler (Lili) o presidente da CME (Comissão Municipal de Esportes).


CLASSIFICAÇÃO FINAL FUTSAL PINHEIRO PRETO 1994

Campeão: Indústria de Papelão

Vice: Garotos da Vila

3º lugar: Vinhos Mattana

4º lugar: Palmeiras

Goleiro Menos Vazado: Edison Cardoso de Aguiar (Biguá) – Indústria de Papelão

Artilheiro: Marcos Huber, com 25 gols – Indústria de Papelão

Registro da CME com o boletim final do campeonato

OS CAMPEÕES DE 1994, EM PINHEIRO PRETO

  • Municipal de Futebol de Salão Juvenil: Bairro São José
  • Municipal de Futebol de Salão Veterano: E.C Vila Bressan
  • Regional de Futebol de Salão Feminino: Pinheiro Preto

Em 1993, o título do futsal havia ficado com a equipe do Damasco EC.

Relembre a conquista do Damasco, em 1993

VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando