São Luiz/Rio das Antas – 1ª Copa Regional dos Campeões

RECORDAR É VIVER

No ano de 2010 a equipe do São Luiz, de Rio das Antas, venceu a equipe videirense do Ipiranga de Sede Etelvina nos pênaltis e sagrou-se campeão da 1ª edição da Copa Regional dos Campeões, competição idealizada e organizada pela Rádio Vitória.

O confronto aconteceu na comunidade de Sede Etelvina, em Videira, no dia 16 de maio de 2010. Em meio à forte chuva, os jogadores entraram em campo na disputa pelo título da competição, que contou com a participação de oito municípios (Arroio Trinta, Tangará, Pinheiro Preto, Salto Veloso, Fraiburgo, Iomerê, Videira e Rio das Antas).

O time da casa tinha como meta reverter à derrota sofrida na primeira partida, onde o São Luiz havia vencido pelo placar de 2 a 0 (gols de Bibico e Timba), conquistando desta forma, o direito de jogar pelo empate na decisão. Bibico, inclusive, foi um dos desfalques da equipe rioantense para a decisão, em Sede Etelvina.

Diante disso, o Ipiranga buscou o resultado positivo durante a partida e conseguiu levar a decisão aos pênaltis após vencer no tempo normal pelo placar de 2 a 1. Mesmo assim, o esforço não foi o bastante para a conquista da taça, que ficou com a equipe rioantense após as cobranças de penalidades máximas.

  • Jundiá do Ipiranga foi o artilheiro da competição e Careca do São Luiz, o goleiro menos vazado.
Ipiranga de Sede Etelvina – Vice Campeão Copa Regional dos Campeões de 2010

Em 2011, o São Luiz voltaria a decidir o título da 2ª edição da Copa Regional, porém desta vez, ficou com o vice, sendo derrotado para a equipe de Bom Sucesso (Iomerê).

Paulinho França e Marciel Tascheck

Clique Aqui e confira mais fotos da Copa Regional dos Campeões

SEMIFINAL 2010

Para chegar a decisão, o São Luiz de Rio das Antas despachou o Movest/Transcoelho de Fraiburgo, ao empatar os dois jogos (ambos por 1 a 1). No jogo em Fraiburgo, Claude empatou para o São Luiz aos 48 minutos do segundo tempo. Felipe Motor marcou para Fraiburgo.

Mesma situação do Ipiranga de Sede Etelvina, que venceu fora de casa o São Roque de Arroio Trinta (por 2 a 1, gols de Facada e Ezequiel para o Ipiranga e Preto para o São Roque) e empatou em casa (1 a 1), em jogo marcado por inúmeras expulsões.

Cabe salientar ainda, que o São Roque só conseguiu a classificação as semifinais, em virtude de escalação irregular do atleta Alexandre Cruz, do Ipiranga de São Marcos. Equipe arroiotrintense entrou com recurso, que foi julgado e consequentemente, com a perda de pontos do Ipiranga de São Marcos, a vaga ficou com o São Roque.

FATO CURIOSO DA 1ª EDIÇÃO

Incrível o equilíbrio na categoria principal da 1ª Copa Regional dos Campeões. Das oito equipes participantes, sete chegaram a última rodada da fase classificatória com chances de classificação e nenhuma estava garantida.

VEJA TAMBÉM
COMENTÁRIOS
Carregando