Ipiranga/Tangará: Bicampeão da Copa Regional dos Campeões

Cartola: Gaúcho fatura a 16ª rodada e Vinícius é o mito do mês de julho
31/07/2018
Copa Regional dos Campeões: Vai começar tudo de novo
02/08/2018

Ipiranga/Tangará: Bicampeão da Copa Regional dos Campeões

Comercio Zanella 728×90
Ronaldo Piscinas

RECORDAR É VIVER

O município de Tangará é o único bicampeão na categoria adulto da Copa Regional dos Campeões. O Ipiranga Futebol Clube, da comunidade de São Marcos, que representou o município em 2014 e 2015, conquistou o bi ao vencer nos dois anos consecutivos, equipe do Cruzmaltino de Arroio Trinta.

2014: Título de forma invicta

A 4ª edição da Copa Regional dos Campeões – Troféu Sicoob, encerrou no dia 18 de maio de 2014, com a presença de um excelente público, na comunidade de São Marcos. O Ipiranga FC, que já tinha vantagem por ter vencido o primeiro confronto, fora de casa (1 a 0), venceu mais uma, desta vez pelo placar de 4 a 2, sagrando-se desta forma campeão.

Neusa Zago (Rádio Vitória), Nino (capitão do Ipiranga) e Suzin (Sicoob)

O jogo

Os primeiros 15 minutos de partida, foram marcados por baixas no elenco da equipe arroiotrintense:  Jandir, Cléber e Fabiano acabaram saindo do campo de jogo mais cedo que o previsto (lesionados). Estas circunstâncias levavam a crer, que a equipe de Tangará,  iria ter mais tranquilidade na partida. Porém isso não aconteceu na prática.

A italianda peleadora de Arroio Trinta, abriu o marcador com o artilheiro Cícero, aos 30 minutos da primeira etapa; gol que momentaneamente ia levando a partida para a disputa de pênaltis.

No segundo tempo, a equipe tangaraense, voltou melhor e logo aos 8 minutos de partida, em um cobrança de falta magistral, Maurício Seco, deixou tudo igual. Os arroiotrintenses sentiram o golpe, pois logo aos 11 minutos, foi à vez de Adriano Vian escorrar de cabeça para o fundo das redes do goleiro Jaison: 2 a 1.

Aos 42 minutos, Alemão Tonello, artilheiro tangaraense na competição, marcou o 3º gol do Ipiranga na partida, o seu 8º na competição. Porém a comemoração durou pouco, pois aos 43 minutos, o oportunista Robson descontou para os visitantes.

Aos 45 minutos, no apagar das luzes, foi à vez de brilhar novamente a estrela de Maurício Seco (não só o Craque do Jogo, como também do campeonato), que em um belo lance individual, marcou o gol que decretou oficialmente o título de campeão.

Na soma dos resultados 5 a 2 para os tangaraenses, que foram também donos da melhor campanha da competição: melhor ataque e melhor defesa.

Ipiranga FC/São Marcos – Campeão Copa Regional dos Campeões, em 2014

Naquele ano, a terceira colocação ficou com Iomerê e o 4º lugar com o Taquaruçu/Coperboa de Fraiburgo. Alemão Tonello e Cícero Nava, foram os artilheiros da competição, com 8 gols marcados. Ido, foi o goleiro menos vazado com 10 gols sofridos.

FICHA TÉCNICA – Final 2014

Ipiranga (4): Ido, Zucco, Nino, Daniel, Macedo e Baiano; Pirolli, Alexandre Cruz, Galego, Maurício Seco e Adriano Vian. Entraram: Alemão Tonello, Anderson Pirolli, Marcinho Masson e Júlio Vian. Técnico: Maurício Guindani (Figo).

Cruzmaltino (2): Jaison, Alan, Geri, Jandir, Hernandes, Fabiano, Fagherrazi, Cleber, Lilo, Gigio e Cícero. Entraram: Gilli, Robson, Side, Cenci, Wellerson e Lucas Curuira. Técnico: Adilson Ansiliero

Gols: Maurício Seco (2), Adriano Vian e Alemão Tonello (Ipiranga); Cícero e Robson (Cruzmaltino)

Arbitragem: Júlio Cesar Cardoso auxiliado por Marconi Barreto e Jander Gomes


2015: bicampeonato, novamente de forma invicta

Em 2015, no dia 17 de maio, a comunidade de São Marcos, em Tangará, foi mais uma vez palco de uma decisão, desta vez da 5ª edição da Copa Regional dos Campeões – Troféu Sulita.

Após empate na partida de ida (0 a 0), realizada em Arroio Trinta, o Ipiranga, dono da melhor campanha na competição, venceu o Cruzmaltino por 2 a 1 e levantou o caneco pela segunda vez consecutiva.

O Jogo

O início de jogo foi de forte marcação e de pouca produtividade. Muito equilíbrio e raras oportunidades. As finalizações que aconteceram foram todas erradas, não levando perigo aos goleiros. Aos 38 minutos, Alemão Tonello em cobrança de falta acertou a trave, após leve desvio do goleiro Jaison, no rebote, o centroavante Galego só teve o trabalho de escorar para o fundo do gol: 1 a 0 Ipiranga.

Na etapa complementar, a equipe do Cruzmaltino sabia que precisava de pelo menos um gol, para levar a partida para os pênaltis, por isso, promoveu substituições na tentativa de alcançar o objetivo. Porém em uma rápida jogada individual do atacante Cabelo, a arbitragem viu toque de mão do lateral Jairo, e assinalou pênalti. A equipe arroiotrintense protestou muito a marcação, porém Alemão Tonello não quis saber e com a perna direita converteu a cobrança e aumentou a vantagem, anotando também o centésimo gol da competição regional, daquele ano.

A italianada peleadora assim como em toda a competição foi valente mais uma vez. A equipe arroiotrintense teve a chance de descontar em cobrança de pênalti, porém o arqueiro tangaraense Ido defendeu chute do jovem Lucas Curruíra.

No apagar das luzes, a equipe do Cruzmaltino até descontou, em cabeçada de Fernando no contra pé do goleiro Ido, porém já não havia tempo para mais nada. Com a vitória por 2 a 1 o título ficou mais uma vez com o município de Tangará.

A equipe do Ipiranga chegou ao título de forma invicta, com campanha de nove vitórias e um empate. Seu ataque balançou a rede em trinta oportunidades e sua defesa foi vazada em apenas quatro vezes. Realmente uma campanha impressionante!

Cruzmaltino de Arroio Trinta ficou com o vice em 2014 e 2015.

Em 2015, a terceira colocação ficou com o LDM de Pinheiro Preto. Maurício Campolin dos Santos (AERA/Rio das Antas) foi o artilheiro com 7 gols, e Ido, novamente foi o goleiro menos vazado, com apenas 4 gols sofridos.

Fotos: Blog La Pelota – Gillian Olivo

Deixe seu comentário
Compartilhe!
Comercio Zanella 728×90
Ronaldo Piscinas