Não é hora de caça as bruxas

Copa Santa Catarina de Basquetebol neste final de semana, em Videira
06/07/2018
Bocha: Definidos os semifinalistas do Regional de Tangará
07/07/2018

Não é hora de caça as bruxas

Comercio Zanella 728×90
Ronaldo Piscinas

A Copa acabou para o Brasil, já tinha acabado para a Alemanha, Espanha, Argentina e outros tantos; nem começou para Holanda e Itália, não ameniza nosso sentimento de que poderíamos ter ido mais longe, mas consola de certa forma.

Não é hora de apontar o dedo e buscar um culpado como fomos programados ao longo da história. Sempre precisamos de algo ou alguém para direcionar nossa frustração, Barbosa em 50, Toninho Cerezo em 82, Zico 86, Lazaroni e Dunga em 90, 98 a gente vendeu (sic), 2006 foi tanto erro que não houve um só culpado acho que é exceção nessa lista, 2010 Dunga nosso preferido, 2014 Felipão, e agora? Já ouvi sobre Fernandinho, Marcelo que não foi tão bem quanto seu reserva, e até Tite, unânime antes da Copa iniciar.

Tínhamos equipe para irmos mais longe na Copa sim, mas não esqueçamos que somos e muitos destes jogadores (6 estavam em campo) pertencem a geração do 7 a 1. Temos uma conta a pagar e ela não é pequena, e leva tempo para juntar toda essa grana. Esquecemos que a pouco tempo estávamos com medo de ficar de fora da Copa, em um continente que classifica a metade dos times que disputam as eliminatórias, que Tite pegou uma seleção sem corpo, sem alma, sem confiança, sem tudo.

Se queremos ver nossa seleção evoluir e ser campeã novamente, devemos evoluir como torcedores também, e não morrermos afogados em nossa soberba que teima em dizer que nossa camisa é pesada e basta para sermos campeões.

Ninguém erra por que quer, nem todos tem uma segunda chance, nem todos merecem uma segunda chance, saibamos reconhecer isso, sem a necessidade de apontar para culpados. Tite merece a segunda chance, nos deu um time, nos devolveu o prazer de torcer pelo Brasil, nos representou mundo a fora com um discurso profissional e não de torcedor, não culpou ninguém quando outros diriam que a arbitragem nos prejudicou.

Poucas vezes caimos tão de pé. Perder nunca é bom, mas como diz nosso treinador, “ é do jogo “, estamos prontos para merecer a conquista, ja aprendemos a perder com dignidade.

Deixe seu comentário
Compartilhe!
Ronaldo Piscinas
Comercio Zanella 728×90