Videira: Juventude é bicampeão invicto do municipal de futebol

Pinheiro Preto: Bar do Tuti e Gallos são os finalistas do municipal de truco
09/12/2017
Agenda de jogos (09 e 10/12)
10/12/2017

Videira: Juventude é bicampeão invicto do municipal de futebol

Ronaldo Piscinas
Comercio Zanella 728×90

Transilva reclamou da arbitragem que não deu um pênalti ao fim da primeira etapa.

Após aproximadamente 70 dias de disputas, encerrou no domingo, 10 de dezembro o Campeonato Municipal de Futebol de Videira – Taça Odenir Oséas Seemann (o Zangão). Os jogos finais aconteceram no Estádio Municipal Leoni, com a presença de um bom público. A competição deste ano contou com a participação de 24 equipes.

Zangão, o homenageado do campeonato deste ano, foi goleiro da Perdigão, na conquista do título estadual de 1966.

Ouça o gol do título! Narração Marciel Tascheck

Careca do Juventude levanta o troféu de campeão! Gol do título saiu aos 48 minutos do segundo tempo.

Novo Horizonte 0 x 4 Intocáveis

No primeiro jogo da tarde, a equipe dos Intocáveis venceu o Novo Horizonte por 4 a 0 e ficou com a 3ª colocação do certame.

Intocáveis – 3º lugar. Grande campanha!

Juventude/Quiosque Testolin 1 x 0 Transilva

No jogo de fundo, com transmissão da Rádio Vitória AM 1320, um jogo muito equilibrado entre Juventude/Quiosque Testolin e Transilva. E como toda grande final, não poderia faltar emoção e polêmica.

O jogo

O primeiro lance de ataque, saiu apenas aos 20 minutos de jogo, quando o atacante Bettú do Juventude, acabou falhando na hora da finalização. Na sequência, aos 22, nova chance para o Juventude: em um lindo cruzamento de Gima, o artilheiro Kikinho antecipou a zaga e finalizou por cima da meta defendida pelo goleiro Grison.

A partir daí o Transilva cresceu em produção na partida. Aos 24 minutos, após passe de Bide, o volante Duda finalizou para fora. Aos 30, Malásia em cobrança de falta, obrigou o goleiro Careca, espalmar para escanteio.

Goleiro Careca do Juventude, espalma para escanteio, cobrança de falta de Malásia.

Aos 40 minutos, um lance que gerou muito protesto por parte da equipe do Transilva, Bettú derrubou Bide dentro na área, e o pênalti não foi marcado pela arbitragem da partida.

Na segunda etapa, o jogo diminui em intensidade, devido ao cansaço e isso consequentemente diminui também as chances reais de gol. Na melhor oportunidade do Transilva, o zagueiro Diego, levou a melhor para cima de dois marcadores e acabou chutando cruzado para fora. Na reta final de jogo, o Juventude se arriscou no ataque, em busca de seu gol. Aos 30 minutos, o lateral Marcelo do Transilva, quase marcou contra. Na melhor chance do jogo, já aos 38, Gima chutou de fora da área e acertou a trave.

A decisão se encaminhava para os pênaltis, porém no apagar das luzes, já aos 48’30 da etapa complementar (há que se destacar que arbitragem assinalou 4 minutos de acréscimo). Falta pro Juventude; Gima lança a bola na área e o zagueiro Nino, sobe no segundo andar, para testar para os fundo das redes. Gol que deu o título de forma invicta pelo segundo ano consecutivo para o Juventude, da comunidade do Rio Tigre.

Nino, comemora o gol do título, anotado aos 48 minutos do segundo tempo.

CONFUSÃO

Após o gol, o árbitro acabou sendo cobrado fortemente pela equipe do Transilva, sendo que inclusive recebeu pontapés e empurrões. Neste momento a Polícia Militar adentrou no gramado e conteve os ânimos dos mais exaltados.

Polícia Militar teve que atuar ao final da partida. Muito protesto e reclamação, por parte do Transilva pelo pênalti não marcado!

Transilva ficou com o vice. Campanha: 5 vitória e apenas uma derrota.

Confira mais fotos do Campeonato Municipal de Futebol de Videira!

ARTILHEIRO E GOLEIRO E MENOS VAZADO

Kikinho (artilheiro) e Grizon (goleiro menos vazado)

Liliana, esposa do goleiro Zangão, recebeu troféu de homenagem.


NÚMEROS FINAIS DA COMPETIÇÃO

  • Campeão: Juventude/Quiosque Testolin
  • Vice: Transilva
  • 3º lugar: Intocáveis
  • 4º lugar: Novo Horizonte
  • Artilheiro: Kikinho do Juventude, com 9 gols marcados
  • Goleiro Menos Vazado: Luiz Grison do Transilva, com 4 gols sofridos
  • Início da competição: 30 de setembro
  • Término: 10 de dezembro
  • Total de jogos realizados: 48
  • Número equipes participantes: 24. As doze primeiras colocadas participam da 1ª divisão do ano que vem, as demais disputarão a 2ª divisão, em 2018.

SELEÇÃO DO CAMPEONATO

A Fundação Municipal de Esportes elegeu a seleção dos melhores do campeonato.

Goleiro: Grizon (Transilva); Lateral Direito: Alexsandro (Novo Horizonte); Lateral Esquerdo: Igor (Vila Nova); Zagueiros: Baiano (Intocáveis) e Nino (Juventude); Volantes: Andrezinho (Transilva) e Roni (Juventude); Meias: Malásia (Transilva) e Moisés (Auto Car/M.Alto); Atacantes: Kikinho (Juventude) e Cleiton (Intocáveis); Técnico: Boneco (Transilva); Atleta Destaque: Gustavo Salles (Lojas Placidio).

Em negrito equipes que disputarão 1ª divisão, em 2018.

Texto e fotos: Gillian Olivo – Blog La Pelota

Deixe seu comentário
Compartilhe!
Comercio Zanella 728×90
Ronaldo Piscinas